• Estatísticas do Site

    • 229,216 Visitas
  • hit counter Online

Colega diz que menina estuprada em Joaçaba (SC) não tem boa fama…

a menina tinha fama pior do que uma prostituta aqui em joaçaba,chegou na festa bebada,escondida da mãe(eu garanto,por que que mãe que ia dichar ir nessa festa??) e todos estavam bebados e drogados”

Foi o que comentou a jovem Greicy Caroline, moradora de Joaçaba que publicou um comentário no Blog Causa & Efeito.

Greicy reconhece que seus colegas fizeram errado, mas diz que a garota também contribuiu bastante para o acontecido e que também devia ser responsabilizada criminalmente por uso de drogas e consumo de bebida alcoólica (por ser menor de idade).

eu sei que eles estão errados,mas defender aquela sem-vergonha..nunca!!”

Notícia do Diário Catarinense:

Inquérito sobre estupro em Santa Catarina deve ser concluído na próxima semana

Uma testemunha que mora em Curitiba deve viajar a Joaçaba para ser ouvida
O inquérito policial que investiga o estupro de uma garota de 15 anos em Joaçaba, no Meio-Oeste de Santa Catarina, deve ser concluído na próxima semana. Três jovens, um deles de 16 anos, estão detidos e são suspeitos de ter violentado a menina durante uma festa. Ele também teriam filmado o crime e divulgado as imagens na internet.

Nesta sexta-feira, quatro pessoas que participaram da festa foram ouvidas pela polícia. Uma das testemunhas teria socorrido a garota e a levado para casa, em uma cidade distante seis quilômetros de Joaçaba.

O inquérito incluirá as provas fotográficas do crime e o vídeo da violência sexual, gravado pelos envolvidos, além das conversas por MSN Messenger (programa de mensagens instantâneas) entre os suspeitos.

Até esta sexta-feira, a polícia havia tomado 10 depoimentos. Na próxima semana, outra testemunha que mora em Curitiba, deve voltar a Joaçaba para ser ouvida.

Rapaz que socorreu a jovem queria chamar a polícia

Depois do interrogatório policial, na presença de dois advogados, o jovem de 18 anos que teria socorrido a vítima contou à equipe do Diário Catarinense o que havia dito ao delegado Ademir Tadeu de Oliveira, responsável pelo caso.

Segundo o rapaz, ele teria chegado por volta das 3h na festa, quando a garota já havia sido violentada. Ao entrar na casa, no Centro de Joaçaba, o jovem viu a garota nua descer a escada e cair entre os degraus. Ele levantou a menina e a colocou no sofá. Cerca de 10 minutos depois, algumas pesoas que estavam na festa ajudaram-no a vestir a adolescente.

— Eu cheguei quando a festa já estava praticamente acabando. O primeiro contato que tive com ela foi quando a vi cair na escada. Nós não nos conhecíamos pessoalmente, éramos amigos só no Orkut — relatou o estudante.

O estudante teria sugerido chamar o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e avisar a polícia para que o caso fosse notificado, mas a garota teria negado o auxílio.

O rapaz levou-a de carro para a casa, em uma cidade próxima a Joaçaba. Ele contou que a garota teria pedido para que não a deixasse em frente à casa da família, porque havia dito à avó que dormiria na casa de uma amiga. O motorista, então, teria largado-a nas proximidades da casa da avó, com quem ela morava.

Vizinhança reclamou do barulho

A casa de classe média onde aconteceu a festa fica no Centro de Joaçaba. Os vizinhos mais próximos à residência contam que não conseguiram dormir naquela noite.

— Ficava me virando na cama, tentando pegar no sono, mas não tinha jeito. Era muito barulho, uma algazarra bem grande, como as tantas que os inquilinos dessa casa já fizeram. Por volta das 3h, levantei e vi uns 10 garotos no pátio, na calçada. Falavam e gritavam muito alto. Eu estava prestes a chamar a polícia — contou um dos vizinhos, que preferiu não se identificar.

Outro vizinho se surpreendeu quando ficou sabendo que um dos suspeitos era seu conhecido.

— Ele sempre teve um comportamento tranqüilo, gostava de andar de skate na praça nos finais de semana. Nunca pensei que fosse cometer uma atrocidade — afirmou o morador, que também não quis se identificar.

Notícia da Agência Folha:

Menina estuprada em festa em SC foi pressionada a não denunciar abuso, diz polícia

A menina de 15 anos vítima de estupro que teve imagens gravadas com um celular e distribuídas pela internet sofreu pressão de um dos suspeitos para não registrar ocorrência, segundo a polícia de Joaçaba (SC), a 419 km de Florianópolis. Três jovens, um de 16 e dois de 18 anos, foram detidos na quarta-feira (12) sob acusação de estuprar a menina em uma festa e divulgar imagens do crime.

‘Um dos rapazes presos telefonou e escreveu pelo MSN pedindo para que ela não denunciasse porque iriam se ferrar’, afirma o delegado Ademir Tadeu de Oliveira.

O estupro ocorreu no dia 25 de outubro, durante uma festa da qual participaram 13 amigos, incluindo pelo menos mais uma garota de 19 anos. A menina estava alcoolizada e inconsciente, segundo a polícia.

Os três detidos são estudantes de classe média. Na sexta, um rapaz que foi à festa disse, em depoimento, que deixou a menina em casa, de carro, depois de chegar ao local e vê-la sair do banheiro sem roupas. Ele afirmou que não levou a menina ao médico ou denunciou o caso porque ela não quis.

Vídeos distribuídos pela internet, fotos e conversas por MSN (programa de comunicação instantânea) encontrados nos computadores dos jovens são provas definitivas de envolvimento direto no crime sexual, segundo o delegado.

Ele considera o caso esclarecido e deve concluir o inquérito no início da próxima semana. Os três estudantes devem ser indiciados sob suspeita de estupro, divulgação de imagem íntima de adolescente e fornecimento de bebida alcoólica a menor de idade.

Outro lado

Os advogados dos três jovens suspeitos dizem que nenhum deles pressionou a menina para que não registrasse ocorrência.

Segundo o advogado de um dos jovens de 18 anos, Ricardo Nodari, seu cliente gravou parte do abuso sexual, mas não é responsável pelo estupro e pela distribuição das imagens.

Nodari diz que não vai pedir a liberdade do cliente imediatamente. ‘Eu quero garantir a integridade física dele. Se consigo o habeas corpus, não tenho como dar garantia [de segurança] para ele aqui fora. Ele está mais seguro lá dentro do que livre.’

O advogado dos outros dois jovens, Eber Bündchen, afirma que houve relação sexual entre um dos seus clientes e a menina, mas diz que o vídeo não foi posto na internet pelos suspeitos presos. ‘As imagens foram distribuídas por pessoas que tiveram acesso ao vídeo.’

Autor: GUSTAVO HENNEMANN DA AGÊNCIA FOLHA

..

Fonte: Blog Causa e Efeito

Exame de Ordem 2008.2: sai resultado da segunda fase

Liberado pelo site da OAB/GO somente às 19:50h

A Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB-GO, presidida pelo conselheiro seccional Júlio César do Valle Vieira Machado, divulgou, nesta quinta-feira (13), o resultado da prova prático-profissional do Exame de Ordem 2008.2 aplicada em Goiás. Submeteram-se à prova objetiva 2.338 bacharéis, dos quais 955 fizeram a segunda fase do certame e 364 foram aprovados, o que equivale a 15,56% de aprovação. Para conferir o resultado, clique aqui.

O prazo para interposição de recursos contra o resultado da prova prático-profissional começa às 9 horas do dia 17 e vai até às 23 horas e 59 minutos do dia 19 deste mês. Nesse período, o examinando deverá acessar os endereços eletrônicos http://www.oabgo.org.br ou http://www.oab.org.br e seguir as instruções do Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso. De posse do seu recurso impresso, deverá entregá-lo, até o dia 21 de novembro, no protocolo da OAB-GO (Rua 1121, n.º 200, Setor Marista – Goiânia-GO), na Subseção de Anápolis (Rua Engenheiro Portela, n.º 222, Edifício da Caixa Econômica Federal, 10.º andar, sala 1.001 – Anápolis-GO) ou na Subseção de Rio Verde (Rua Edmundo de Carvalho, n.º 905, Centro – Rio Verde-GO).

O resultado final do Exame de Ordem 2008.2 será divulgado nos endereços eletrônicos http://www.oabgo.org.br ou http://www.oab.org.br, na data provável de 3 de dezembro de 2008.

fonte: OAB/GO

Amassos no sofá

Eu te amo!!!

Meu coração grita cada vez que agente se vê.

atgaaab_0xzaxy-if9pemtte2fedtcnzbjl9afmkpflxcctazzg9uvidkrvjwuaxmsqxywkplrlkbv8ngerx5cqsj09yajtu9vdfhs1xgcqw0pvyaa42djzobbypqw

Um dia fui na casa dele.

Pequena, simples, aconchegante… muito.

Tudo começa com um simples beijo, afinal somos namorados e eu adoro bejá-lo, mais derrepente algo acontece.

Como me vi deitada no sofá não sei dizer, mais aos poucos estavamos nos beijando deitados no sofá. Ele, com metade do corpo em cima de mim e eu completamente entreque aos carinhos dele.

A carne é fraca, alteravamos beijos inocentes nos quais eu lambia o contorno da boca dele sentindo o sabor apaixonado do desejo, e depois estavamos grudados dando beijos arrebatadores de tirar o fôlego, os corações batendo juntos no mesmo rítimo alucinado do amor.

Parecia que minha primeira vez iria acontecer ali.

Sentia as mãos dele na minha coxa subindo sentindo o contorno do meu corpo, até chegar bem perto dos meus seios.

Sei que ele gosta dos meus seios, ele já me confessou isso, mais mesmo assim o respeito dele pra mim é tão grande que ele apesar de desejar demais não faz pois sabe que eu tenho um certo receio de intimidades.

Fico exitada, eu o escuto arfando quando ele começa a beijar meu sensível pescoço. Eu adoro. Me entrego completamente a ele.

A ereção dele aperta contra minha coxa, e eu começo a me mover de modo a acariciá-lo. Ele geme. Eu também.

Arranho as costas dele mais não tenho coragem de tirar a casisa para deslizar as minhas mãos por aquele corpo magnífico.

Me sinto febril, molhada de desejo e de suor me aperto mais a ele enquando a língua na minha boca imita o entra e sai do sexo.

Mais depois tudo vai se acalmando.

Não estamos sozinhos em casa então é melhor parar agora antes que fiquemos completamente sem controle.

Não foi dessa vez, talvez não vá ser da próxima, mais… quem sabe o que haverá na próxima????

..

Fonte: Blog Sexo e Rosas

Carol Miranda diz que se arrepende e não faria de novo, sobre filmes pornôs

015822855-gdv00Na primeira vez que o EGO conversou com Carol Miranda, 19 anos, a sobrinha de consideração de Gretchen, ela era virgem e guardava uma espécie de coragem típica de quem é inexperiente. Ela dizia, por exemplo, que iria, sim, fazer filme pornô porque era nova, não teria outra oportunidade de ganhar R$ 500 mil, e também porque não estava namorando.

Agora, ela não tem um, mas dois filmes pornôs gravados. Um no qual ela faz apenas sexo anal, “Fiz pornô e continuo virgem”, que é recorde de vendas da Sexxxy World com 15 mil cópias vendidas, e outro no qual ela perde a tão “festejada” virgindade, “Perdendo o selinho”. Mas agora, a audácia de antes deu lugar a uma mulher tímida, que evita falar muito sobre a experiência que teve nos sets de filmagem pornô, e que se diz arrependida.

“Não tem muito o que contar. Só posso dizer que foi difícil fazer. Doeu muito. Fiquei nervosa, e até hoje, me arrependo um pouco”, diz ela que ficou bastante mexida com a reação de sua mãe.

Ah! Agora Carol também tem namorado e, com ele, gostou da experiência sexual.

..

Fonte: Planeta Tv

PROJETO DE PAULO PAIM OBTÉM VITÓRIA NO SENADO, A FAVOR DE APOSENTADOS

O projeto do senador petista Paulo Paim avança no Congresso Nacional. A proposta recuperará o valor das aposentadorias e pensões, que sofreram achatamento desde a época em que o Brasil foi governado por pessoas que se orientam por idéias neoliberais. No Brasil essas idéias significaram privatizações, arrocho contra servidores públicos, enfraquecimento do serviço público, arrocho contra a Previdência e contra aposentados e pensionistas. Foi a era FHC (Governo de Fernando Henrique Cardoso, do P.S.D.B.), quando o próprio presidente da República rotulou aposentados como ”vagabundos”.

As idéias neoliberais defendem, com maior ou menor intensidade, o Estado mínimo, incapaz de qualquer intervenção e submetido aos interesses dos banqueiros e investidores que constituem o Mercado. O projeto do Senador Paulo Paim é, de fato e na prática, uma iniciativa que desmistifica o neoliberalismo. Previdência não é uma benesse dos políticos hospedados no poder. É como um seguro, pago pelos trabalhadores durante toda a sua vida ativa. Uma espécie de poupança administrada pela Previdência.

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou o substitutivo antes aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e estabelece um novo método para atualização do poder de compra para aposentadorias e pensões. Esse método ou técnica chama-se Índice de Correção Previdenciária, resulta da divisão do valor percebido na aposentadoria ou pensão pelo menor benefício previsto na RGPS (Regime Geral da Previdência Social). Na ocasião da aposentadoria cada segurado receberá um índice individual e esse será usado para cálculo de reajustes durante todo o tempo que durar o direito à aposentadoria ou pensão. Haverá uma regra de transição de cinco anos, para que os recursos sejam progressivamente transferidos para os aposentados.

Para melhor conhecimento dos interessados transcrevemos abaixo matérias publicadas em O DIA, na página http://odia.terra.com.br/economia/htm/senado_aprova_indice_que_recupera_valor_dos_beneficios_pelo_minimo_212545.aspe na edição eletrônica do jornal HOJE EM DIA de Belo Horizonte, disponível na página http://www.hojeemdia.com.br/v2/index.php?sessao=13&ver=1&noticia=6045


13/11/2008 01:04:00

Senado aprova índice que recupera valor dos benefícios pelo mínimo

Luciene Braga

Rio – A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou ontem a atualização de todos os benefícios do INSS pelo valor em salários mínimos em que foram concedidos. O Projeto de Lei nº 58/2003, do senador Paulo Paim (PT-RS), agora será apreciado pela Câmara. Se ele for aprovado, aposentados e pensionistas terão um Índice de Correção Previdenciária (ICP) que servirá como equiparador do valor dos benefícios, evitando as perdas geradas pela adoção de percentuais diferentes para o reajuste de aposentadorias e pensões desde 1991.

Para que a Previdência possa pagar a diferença, o projeto prevê um prazo de cinco anos. A cada ano, o beneficiário receberá um quinto da correção, até recuperar totalmente o poder de compra que o salário do INSS tinha ao ser concedido, mas é preciso que haja dotação orçamentária para isso. Com isso, os valores voltam ao patamar em salários mínimos, desde que seja respeitado o teto do INSS, que hoje é de R$ 3.038 (7,3 mínimos).

“O ICP determina que, para os novos benefícios, o segurado receba um fator próprio, que será avaliado anualmente”, explica Wagner Friaca, chefe de Gabinete do senador Expedito Júnior (PR-RO). Esse recurso (IPC) foi apresentado por Expedito Júnior há dois anos, para garantir a constitucionalidade da medida.

Pela legislação, aposentadorias e pensões não podem ser indexadas ao salário mínimo. O novo índice vai fazer esse papel, determinando a relação do benefício com o piso previdenciário.

SERVIDOR FICA DE FORA

O aposentado ou pensionista terá sempre o mesmo valor em pisos previdenciários (que pode, em algum momento, ser superior ao mínimo). O projeto original de Paim estendia a nova regra aos servidores inativos e pensionistas da União, mas essa parte foi retirada do texto por ter sido considerada inconstitucional. A Constituição dá ao presidente da República a competência exclusiva para legislar sobre remuneração e aposentadoria dos servidores públicos.

Paim comemorou e disse que o projeto “faz justiça” a aposentados e pensionistas. A senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN) defendeu a rápida aprovação pela Câmara dos Deputados, para que milhões de brasileiros tenham os proventos reajustados. O senador Mário Couto (PSDB-PA) afirmou que os senadores não vão abrir mão “nem de um milímetro”.

FIM DO FATOR E REAJUSTE ÚNICO TAMBÉM ESTÃO SENDO COBRADOS

O senador Flávio Arns (PT-PR) frisou a importância de aprovar também o PLS 296/03, que acaba com o fator previdenciário, e o PLC 42/07, que estabelece a política de valorização do salário mínimo e estende o índice de correção aos benefícios do INSS – ambos em análise na Câmara.

Custódio Coelho, 73 anos de idade, é aposentado há 13. Na ativa, contribuía sobre 10 mínimos. Quando se aposentou, passou a receber oito. Hoje, ganha seis. “Com essa defasagem, daqui a alguns anos não dará nem pra comer”, reclama o aposentado, que não acredita na aprovação na Câmara e teme o veto presidencial. “Já vi tantas promessas do governo nessa vida e nada mudou”, queixa-se. Engracia Milheiros, 78, aposentou-se com cinco mínimos e hoje ganha dois. A renda vai para gastos com saúde. A aprovação também melhoraria a vida do marido, de 80.

“A Seguridade Social, criada pela Constituição de 1988, é superavitária. Não existe e nunca existiu ‘rombo’. Todos os governos usam esses recursos para outros fins. Nos últimos anos, as perdas ultrapassam 70%”, diz Yedda Gaspar, presidente da Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do Rio.

Matéria publicada no HOJE EM DIA, de Belo Horizonte.

Aposentadoria pode ter atualização anual com maior poder de compra

BRASÍLIA – Aposentadorias e pensões pagas pela Previdência Social poderão ter os seus valores atualizados ano a ano. A intenção é recuperar o valor do poder aquisitivo desses benefícios, de forma a garantir o mesmo número de salários.

A proposta foi aprovada ontem pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado ao adotar, em turno suplementar, substitutivo da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) ao texto original do projeto (PLS 58/03) de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS). O projeto foi votado pela CAS em decisão terminativa, ou seja, vai direto agora para o plenário da Câmara dos Deputados.

De acordo com o substitutivo da CCJ acolhido pela CAS, será criado um novo parâmetro de atualização do poder de compra dos benefícios pagos a aposentados e pensionistas: é o Índice de Correção Previdenciária – ICP – resultante da divisão do salário de benefício (a aposentadoria) pelo menor salário de benefício pago pelo Regime Geral da Previdência Social. Segundo o texto aprovado, na data da aposentadoria, cada segurado passará a ter um ICP individual, a ser usado para cálculo dos reajustes por toda a vida.

O substitutivo aprovado fixa ainda uma regra de transição de cinco anos até que o poder de compra seja totalmente recuperado. O prazo também servirá para que os orçamentos sejam adaptados às despesas.

O projeto original de Paim estendia a nova regra aos inativos e pensionistas da União. Mas essa parte foi retirada do texto durante a tramitação da matéria na CCJ, por ter sido considerada inconstitucional. Isso porque artigo da Constituição dá ao presidente da República a competência exclusiva para legislar sobre aumento de remuneração e aposentadoria dos servidores públicos. O texto aprovado na CAS foi relatado pelo senador Expedito Júnior (PR-RO).

Após a aprovação do projeto, Paim enalteceu a decisão da CAS e disse que o projeto “faz apenas justiça” a aposentados e pensionistas. Já a senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), relatora ad hoc no colegiado, defendeu a rápida aprovação da proposição pela Câmara dos Deputados para que “milhões de brasileiros tenham seus proventos reajustados.

O senador Mário Couto (PSDB-PA) advertiu: “Não vamos abrir mão nem de um milímetro em defesa dessa causa”. O senador Flávio Arns (PT-PR) defendeu o fim do fator previdenciário no cálculo de aposentadorias e pensões.

..

Fonte: Blog Fax Sindical

SBT:Se Maitê proença liberar, dona beija entra no lugar de Pantanal

Funcionários do SBT foram escalados como agentes para convencer diretores, produtores, atores e profissionais a aprovarem a reprise de “Dona Beija”. A novela poderá entrar no ar em 2009, caso os advogados de Silvio Santos consigam acertar os ponteiros com todas as partes envolvidas com a novela, exibida pela TV Manchete em 1986. Escrita por Wilson Aguiar Filho e dirigida por Herwal Rossano, a novela apresentou Maitê Proença como Ana Jacinta de São José, a corajosa Dona Beija. A maior parte dos profissionais, consultados pelo SBT, já aceitou a proposta feita pela emissora de Silvio Santos e concordou com a reprise da trama. Maitê Proença, no entanto, ainda não fechou com o SBT. A ordem é evitar o desentendimento provocado com a reprise de “Pantanal”, que foi parar na Justiça, por conta da negativa do autor Benedito Ruy Barbosa de colocar a trama de Juma Marruá no ar. Alguns otimistas garantem que Maitê irá aprovar a reapresentação da novela, ela só estaria estudando como lucrar melhor com a reprise da novela, que tem no elenco Gracindo Junior, Mario Cardoso, Bia Seidl, Mayara Magri, dentre outros.

Filmes de Hoje – 15/11/2008

Atenção: Os filmes abaixo podem sofrer alterações de acordo com a programação das emissoras. Os comentários em cor preta são de minha autoria.
Fonte: Folha

O Menino que Salvou o Natal
Record, 15h15; livre. (The Boy who Saved Christmas). EUA, 1998, 94 min. Direção: John Putch. Com Jon Barzion, Andre Bourque, T.L. Brooke, Jamie Burke.

Aqui, Papai Noel tem um irmão gêmeo e mau que o seqüestra, disposto a acabar com o Natal. Mal sabe ele que um menino corajoso liderará um grupo de crianças também corajosas e dispostas a tudo para libertar Papai Noel e garantir seus presentes.

Tudo que uma Garota Quer
SBT, 14h15; livre. (What a Girl Wants). EUA, 2003, 105 min. Direção: Dennie Gordon. Com Amanda Bynes, Colin Firth, Kelly Preston.

Ao completar 17 anos, a jovem e feliz Daphne vai para a Inglaterra, a fim de conhecer seu pai. É o que lhe falta na vida. Lá, descobre que a educação britânica é bem mais rígida do que gostaria. Comédia família com bom elenco e bom princípio.

Coração de Cavaleiro
Globo, 16h32; livre. (A Knight’s Tale). EUA, 2001, 132 min. Direção: Brian Helgeland. Com Heath Ledger, Rufus Sewell.

Na Idade Média, escudeiro treina para substituir seu mestre, que morrera, e tornar-se ele próprio um cavaleiro. Mas, para tanto, não bastam méritos. É preciso ter uma árvore genealógica. Segunda direção de Helgeland, roteirista de “Los Angeles, Cidade Proibida”. Esse filme é bem legal e mostra a história de um plebeu que quer tornar-se cavaleiro. Como plus temos Paul Bettany num papel divertidíssimo e a liberdade criativa do diretor que se permitiu em plena idade média colocar a platéia cantando We Will Rock You do Queen!

Procura-se um Amor que Goste de Cachorros
SBT, 23h; não recomendado para menores de 12 anos. (Must Love Dogs). EUA, 2005, 98 min. Direção: Harold Ramis. Com Diane Lane, John Cusack, Dermot Mulroney, Elizabeth Perkins.

As irmãs da professora Diane Lane, separada do marido, acham que já está na hora de ela voltar à luta, aos homens, em suma. Como ela está meio reticente, elas colocam um anúncio na internet em que, além de descrever as muitas virtudes dela, fazem a exigência: quem não gostar de cachorros está fora. Ela descobrirá que, ao contrário do que pensava, ainda há homens bons no mundo. Comediazinha.

A Rede 2.0
Globo, 23h15; não recomendado para menores de 16 anos. (The Net 2.0). EUA, 2006, 95 min. Direção: Charles Winkler. Com Nikki DeLoach, Keegan Connor Tracy, Neil Hopkins.

Mais uma decorrência do que uma continuação de “A Rede” (1995), feito quando a internet era uma novidade. Agora, uma especialista em computação (DeLoach) vai a Istambul, onde a espera um ótimo emprego. Lá, no entanto, hackers se encarregarão de invadir a rede e promover sua infelicidade. O diretor Charles Winkler é filho de Irvin Winkler, realizador de “A Rede”, o que não torna seu trabalho menos vulgar. Inédito. Não assisti mas tem todo o jeitão de seu uma bomba!

Língua – Vidas em Português
Cultura, 23h40; classificação indicativa não informada. Brasil/Portugal, 2002, 105 min. Direção: Victor Lopes.

Documentário sobre a língua portuguesa e o fato de ser falada no mundo inteiro, apesar de seu pouco prestígio. O diretor faz entrevistas com escritores como o africano Mia Couto, o português José Saramago, o brasileiro João Ubaldo Ribeiro, além de cantores, compositores etc. Não foi pra balada? Ótimo, economize dinheiro e enriqueça a cultura!

Fantasias Exóticas
Bandeirantes, 3h; não recomendado para menores de 18 anos. (Justine – Exotic Liaisons). Alemanha, 1996, 92 min. Direção: Kevin Alber. Com Daneen Boone, Jennifer Behr, Marck Tucker.

Justine é a personagem de uma série erótica alemã protagonizada pela canadense Daneen Boone e centrada, aparentemente, em suas fantasias. Aqui, elas a levam a Macchu Picchu, a cidade perdida dos incas. Rolam corrupção e ganância. No meio disso, ela é seqüestrada por um misterioso príncipe nativo. Pouco a esperar. Já você que vai pra balada, se voltar a tempo pode curtir a velha sessão pornô clássica da Bandeirantes.

Um Robô em Curto-Circuito 2
Globo, 3h25; livre. (Short Circuit 2). EUA, 1988, 110 min. Direção: Kenneth Johnson. Com Fisher Stevens, Michael McKean.

Robô que ajuda inventor na criação de outros robôs perde-se e acaba envolvido com ladrões de jóias. Estritamente infantil. (IA) Não sei qual a idéia de se passar um filme desses a essa hora. Nos anos 80 e 90 até dava-se pra assistir mas esse não foi tão bom quanto o primeiro (já repararram que essa frase é recorrente quando eu falo de sequências de filmes?).

..

Fonte: Blog TotalCine