• Estatísticas do Site

    • 229,161 Visitas
  • hit counter Online

Filmes de Hoje – 15/11/2008

Atenção: Os filmes abaixo podem sofrer alterações de acordo com a programação das emissoras. Os comentários em cor preta são de minha autoria.
Fonte: Folha

O Menino que Salvou o Natal
Record, 15h15; livre. (The Boy who Saved Christmas). EUA, 1998, 94 min. Direção: John Putch. Com Jon Barzion, Andre Bourque, T.L. Brooke, Jamie Burke.

Aqui, Papai Noel tem um irmão gêmeo e mau que o seqüestra, disposto a acabar com o Natal. Mal sabe ele que um menino corajoso liderará um grupo de crianças também corajosas e dispostas a tudo para libertar Papai Noel e garantir seus presentes.

Tudo que uma Garota Quer
SBT, 14h15; livre. (What a Girl Wants). EUA, 2003, 105 min. Direção: Dennie Gordon. Com Amanda Bynes, Colin Firth, Kelly Preston.

Ao completar 17 anos, a jovem e feliz Daphne vai para a Inglaterra, a fim de conhecer seu pai. É o que lhe falta na vida. Lá, descobre que a educação britânica é bem mais rígida do que gostaria. Comédia família com bom elenco e bom princípio.

Coração de Cavaleiro
Globo, 16h32; livre. (A Knight’s Tale). EUA, 2001, 132 min. Direção: Brian Helgeland. Com Heath Ledger, Rufus Sewell.

Na Idade Média, escudeiro treina para substituir seu mestre, que morrera, e tornar-se ele próprio um cavaleiro. Mas, para tanto, não bastam méritos. É preciso ter uma árvore genealógica. Segunda direção de Helgeland, roteirista de “Los Angeles, Cidade Proibida”. Esse filme é bem legal e mostra a história de um plebeu que quer tornar-se cavaleiro. Como plus temos Paul Bettany num papel divertidíssimo e a liberdade criativa do diretor que se permitiu em plena idade média colocar a platéia cantando We Will Rock You do Queen!

Procura-se um Amor que Goste de Cachorros
SBT, 23h; não recomendado para menores de 12 anos. (Must Love Dogs). EUA, 2005, 98 min. Direção: Harold Ramis. Com Diane Lane, John Cusack, Dermot Mulroney, Elizabeth Perkins.

As irmãs da professora Diane Lane, separada do marido, acham que já está na hora de ela voltar à luta, aos homens, em suma. Como ela está meio reticente, elas colocam um anúncio na internet em que, além de descrever as muitas virtudes dela, fazem a exigência: quem não gostar de cachorros está fora. Ela descobrirá que, ao contrário do que pensava, ainda há homens bons no mundo. Comediazinha.

A Rede 2.0
Globo, 23h15; não recomendado para menores de 16 anos. (The Net 2.0). EUA, 2006, 95 min. Direção: Charles Winkler. Com Nikki DeLoach, Keegan Connor Tracy, Neil Hopkins.

Mais uma decorrência do que uma continuação de “A Rede” (1995), feito quando a internet era uma novidade. Agora, uma especialista em computação (DeLoach) vai a Istambul, onde a espera um ótimo emprego. Lá, no entanto, hackers se encarregarão de invadir a rede e promover sua infelicidade. O diretor Charles Winkler é filho de Irvin Winkler, realizador de “A Rede”, o que não torna seu trabalho menos vulgar. Inédito. Não assisti mas tem todo o jeitão de seu uma bomba!

Língua – Vidas em Português
Cultura, 23h40; classificação indicativa não informada. Brasil/Portugal, 2002, 105 min. Direção: Victor Lopes.

Documentário sobre a língua portuguesa e o fato de ser falada no mundo inteiro, apesar de seu pouco prestígio. O diretor faz entrevistas com escritores como o africano Mia Couto, o português José Saramago, o brasileiro João Ubaldo Ribeiro, além de cantores, compositores etc. Não foi pra balada? Ótimo, economize dinheiro e enriqueça a cultura!

Fantasias Exóticas
Bandeirantes, 3h; não recomendado para menores de 18 anos. (Justine – Exotic Liaisons). Alemanha, 1996, 92 min. Direção: Kevin Alber. Com Daneen Boone, Jennifer Behr, Marck Tucker.

Justine é a personagem de uma série erótica alemã protagonizada pela canadense Daneen Boone e centrada, aparentemente, em suas fantasias. Aqui, elas a levam a Macchu Picchu, a cidade perdida dos incas. Rolam corrupção e ganância. No meio disso, ela é seqüestrada por um misterioso príncipe nativo. Pouco a esperar. Já você que vai pra balada, se voltar a tempo pode curtir a velha sessão pornô clássica da Bandeirantes.

Um Robô em Curto-Circuito 2
Globo, 3h25; livre. (Short Circuit 2). EUA, 1988, 110 min. Direção: Kenneth Johnson. Com Fisher Stevens, Michael McKean.

Robô que ajuda inventor na criação de outros robôs perde-se e acaba envolvido com ladrões de jóias. Estritamente infantil. (IA) Não sei qual a idéia de se passar um filme desses a essa hora. Nos anos 80 e 90 até dava-se pra assistir mas esse não foi tão bom quanto o primeiro (já repararram que essa frase é recorrente quando eu falo de sequências de filmes?).

..

Fonte: Blog TotalCine

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: